Além disso

Begônia sizolítica: tudo sobre plantas de casa herbáceas

Begônia sizolítica: tudo sobre plantas de casa herbáceas



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Begônia Sizoliate é uma erva ornamental pertencente ao gênero Begonia. A cultura é cultivada principalmente como ampelosa.

Eles são mantidos em instalações residenciais e de escritórios, em conservatórios em vasos ou em vasos suspensos. Begônia é uma flor despretensiosa de interior. Com os devidos cuidados, ela florescerá por muito tempo e de forma magnífica.

Leia mais sobre a história e as características desta planta, como plantar e cuidar, bem como sobre possíveis doenças e pragas em nosso artigo.

História de ocorrência e descrição botânica

Durante uma expedição científica às Antilhas, o botânico e monge francês Charles Plumier descobriu a begônia. A usina recebeu o nome em homenagem a Michel Begon, organizador da expedição.

Begônia de folhas cinzentas é um arbusto perene com brotos pendentes. As folhas são grandes e brilhantes, oblongas ovais, pontiagudas no ápice. As flores são unissexuadas até um centímetro e meio de diâmetro e estão agrupadas. Condições de floração: verão, outono e inverno.

Aparência e recursos

A begônia é caracterizada por folhas assimétricas de 12 cm de comprimento, de cor verde claro (azulado) de um lado e avermelhado do outro.

Características:

  • As flores são coletadas em inflorescências racemosas fracamente ramificadas.
  • Coloração das flores: do vermelho vivo ao vermelho coral.
  • Caule fino e inclinado.

Recomenda-se o cultivo de begônia salífera dentro de casa, em cestos pendurados ou vasos de flores. A planta é facilmente propagada por estacas apicais do caule.

Como plantar?

Iluminação e localização

Begônia de mirtilo requer iluminação forte.

Atenção! A flor não pode ser mantida ao sol. As folhas se queimam.

Para bloquear a luz solar direta, as janelas são protegidas com gaze, pano ou persianas. Nos períodos de frio, a cultura fica exposta a um local ensolarado por um curto período de tempo pela manhã e à noite.

É preferível colocar vasos de flores nos peitoris das janelas leste e sudoeste. Sombreamento forte não deve ser permitido. As folhas começarão a amarelar.

Requisitos de solo

A mistura de solo para begônias deve ser nutritiva e solta. Você pode comprar um substrato pronto para o plantio ou fazer você mesmo.

Composição ideal do solo:

  • areia - 1 parte;
  • folha terra - 2 partes;
  • turfa - 2 partes;
  • relva - 2 partes;
  • terra de húmus - 4 partes.

Um pouco de terra conífera pode ser adicionada aos componentes principais. O substrato para begônias deve ser ligeiramente ácido ou neutro.

Capacidade

O pote é escolhido não muito volumoso, mas espaçoso. O material não importa: argila, plástico ou cerâmica. Furos de drenagem devem ser feitos na parte inferior.

Como plantar?

As sementes são plantadas no final de fevereiro. O prazo final é meados de março. A semeadura é realizada em caixas de mudas.

Procedimento:

  1. O material de plantio é colocado no substrato preparado, pressionando-o levemente contra o solo. Não há necessidade de polvilhar por cima.
  2. Cubra a parte superior com polietileno ou vidro.
  3. As caixas com mudas são colocadas em uma sala bem iluminada com regime de temperatura de + 20-24 graus.

As mudas aparecerão em cerca de 10-20 dias. As mudas mergulham após 30-45 dias em vasos separados.

Cuidado

Temperatura e umidade

Para a begônia dos seios da face, o regime de temperatura deve ser moderado: cerca de 18-20 graus Celsius.

Atenção! Para begônias desse tipo, temperaturas acima de + 20 graus não são desejáveis.

Os valores mínimos para o período de inverno não são inferiores a +15 graus.

Begônias de mirtilo são amantes do ar úmido. Para manter o nível de umidade necessário, o ar ao redor das plantas é pulverizado regularmente. A umidade não deve atingir as folhas.

Na sala onde estão as begônias, o nível de umidade é mantido em 60%.

No calor, a umidade adicional é fornecida: as flores são colocadas em bandejas largas cheias de areia, turfa ou musgo úmido. A cultura precisa de ar fresco, por isso a sala precisa ser ventilada. Nessas condições, o desenvolvimento da begônia melhora.

Rega

A rega é realizada regularmente, de preferência nas mesmas horas. Hidrate abundantemente no verão, moderadamente no inverno - de acordo com a medida de secagem da camada superior do solo. O enchimento excessivo é inaceitável - a flor pode adoecer com podridão cinzenta.

Regras de rega:

  • Certifique-se de que a água sai pelos orifícios de drenagem.
  • Não permita que a umidade entre nas folhas. Manchas marrons podem se desenvolver neles.
  • O líquido para irrigação é retirado do decantado: fervido ou filtrado.
  • A água deve estar em temperatura ambiente.

Begonias não deve ser umedecido com água fria.

Fertilizante

A begônia sizólica é alimentada com muito cuidado. Formulações balanceadas são adequadas para esta cultura herbácea.

Características da alimentação:

  1. Fertilize uma vez por mês.
  2. Durante o período de descanso (inverno), alimente conforme necessário.
  3. Na primavera, fertilize durante o período de crescimento intensivo com substâncias que contenham fósforo e potássio.
  4. A matéria orgânica pode ser aplicada duas vezes ao ano.

Atenção! Não use fertilizantes com conteúdo de nitrogênio para a begônia dos seios da face. Essas formulações levam ao aumento do crescimento foliar e à supressão da formação de botões.

Doenças e pragas

Doenças comuns

Por negligenciar as regras de cuidado, a begônia pode adoecer. Ao cultivar uma cultura herbácea, os cultivadores de flores enfrentam vários problemas:

  • As pontas das folhas ficam marrons e caem. Motivo: baixa umidade do ar e falta de água no solo.

    Tratamento: fornecer umidade no nível adequado e ajustar a rega.

  • A lâmina foliar fica pálida devido à falta de luz.

    Solução para o problema: leve a planta para um local bem iluminado.

  • Formação de fungos como resultado da umidade excessiva em condições de baixa temperatura.

    Tratamento: remova as áreas afetadas e trate a flor com fungicidas.

  • O oídio é uma doença comum das begônias. As folhas são cobertas por um revestimento branco. O motivo é o regime de temperatura e o ar seco incorretos.

    Para combater a doença, a flor é tratada com solução de enxofre coloidal a 1%.

Pragas

Begônias sizólicas são afetadas por ácaros, se o ar da sala estiver muito seco. Para destruir o parasita, são usados ​​agentes acaricidas. A pulverização da planta é realizada ao ar livre de acordo com as precauções de segurança.

Os pulgões também atacam as plantações de gramíneas. Um remédio popular ajudará a se livrar da praga: insista em uma solução de tabaco por um dia e processe os locais onde os insetos se acumulam. A composição é preparada na proporção de 20 g de shag por litro de água.

Características de reprodução

Uma forma popular de criar begônia salivar é estacas com ramos apicais do caule. Para isso, corte um caule de 7 a 8 cm com duas ou três folhas. Os inferiores são removidos, os superiores são cortados ao meio. Os locais dos cortes são polvilhados com carvão.

Ações futuras:

  1. Um buraco é feito em uma panela com um substrato com um pedaço de pau.
  2. Coloque o talo e afunde até as folhas.
  3. Cubra com uma garrafa de plástico.

Um mês depois, novas folhas aparecem.

Begônia pode ser cultivada a partir de uma folha ou parte dela. Uma boa folha saudável é escolhida e dividida em várias partes, de modo que cada uma tenha 2-3 nervuras. O material é espalhado sobre areia úmida e coberto com celofane ou filme de polietileno.

Quando as folhas novas aparecem, vão se acostumando aos poucos com o ar ambiente, retirando a tampa. Quando as mudas crescem, são plantadas em vasos.

Begônias espesso são propagadas por rizomas. Para isso, a flor é retirada do recipiente, as raízes são levemente embebidas em água. Divida cuidadosamente os rizomas em partes para que cada um tenha um broto ou botão. Os pontos de corte são tratados com pó de carbono. O material de plantio resultante é colocado em vasos e regado.

Assim, não é nada difícil crescer e cuidar da begônia sisole. Para uma flor, a iluminação desempenha um papel importante - deve ser clara, mas ligeiramente sombreada. Fornece rega moderada. Evite a alta umidade do solo. A cultura herbácea vai decorar a casa e dar um bom humor, se seguir as recomendações de cuidados acima.


Assista o vídeo: BEGÔNIAS, SAIBA COMO CUIDAR DE UMA! (Agosto 2022).